Monitoramento por satélite em todos os biomas 1


O monitoramento por satélite está ajudando o Brasil a conter o desmatamento e a degradação na maior floresta tropical do planeta.

Com base nos dados, o governo consegue mapear as áreas de maior pressão e pôr a fiscalização em campo. Divulgados mês a mês de modo parcial e de forma acumulada uma vez a cada ano, os dados do monitoramento ajudam a definir também políticas públicas e diversas ações que acabam por beneficiar as áreas protegidas.

Pena que o monitoramento mais sistemático esteja restrito atualmente à Amazônia. No Cerrado, onde as ameaças são muito intensas, o monitoramento ocorre de modo muito parcial. Nos demais biomas, nem isso.

Por isso defendemos que para ajudar a conservar as áreas protegidas, é fundamental que o governo monitore todo o território nacional. Monitorar e divulgar regularmente os dados de desmatamento dos demais biomas brasileiros, assim como ocorre para a Amazônia, ajudará a conter as ameaças sobre as áreas protegidas.

AG86217_1

 

Fonte: GEO GLOBAL


One thought on “Monitoramento por satélite em todos os biomas

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>